Problemas com Romãs

classic Clássica list Lista threaded Em Árvore
5 mensagens Opções
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Problemas com Romãs

Joaquim
Tenho lido com interesse muito do que se fala aqui sobre romãs, mas há um tema que ainda não vi abordado e que não sei se outras pessoas terão o mesmo problema.

Tenho uma quinta com cerca de 6 hectares no distrito de Setúbal para a qual não tenho tempo e que está mais ou menos abandonada, tirando uma lavragem anual e muito poucos cuidados. Entre as árvores tenho uma meia dúzia de romãzeiras que há muitos anos não são sequer regadas mas isso não as impede de darem esplêndidas romãs. Como as romãzeiras têm tendência a nascer naturalmente nessa quinta, peguei em 3 ou 4 pés e plantei-as no quintal da minha casa em Almada.

Agora aqui é que está o problema: Elas racham sempre antes de tempo. Já tive anos em que procurei regar demais, já tive anos em que procurei regar de menos, o solo é relativamente drenado e apanham bastante Sol.
Contudo, assim que os grãos começam a ganhar cor as romãs racham e não se aproveita uma.

Não vejo fungos nem outros males que possam explicar porque é que isto acontece. Tenho também uma laranjeira no mesmo quintal que começou há um ano a dar laranjas, mas a muitas delas parece estar a acontecer o mesmo: racham antes de amadurecer.

Alguém tem uma teoria ou explicação lógica que queira fazer o favor de partilhar? Será uma questão de solo quimicamente desequilibrado?

Obrigado.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Problemas com Romãs

Antonio Gaspar
Segundo o meu avô, isso deve-se ao calor excessivo que se tem vindo a sentir. nos ultimos anos. Vem o calor durante uns bons dias,  depois a casca seca e depois quando chove a arvore puxa a agua e os nutrientes, e estala como borracha ao sol. Falta de nutrientes manifestam-se nas folhas ou em frutos pequenos, rega a mais ou menos também não será pois a planta auto regula-se. Eu votaria mesmo no calor e ai n há nada a fazer infelizmente, tente reparar se nas arvores viradas para norte isso acontece. Uma maneira talvez de evitar será regar a arvore mal comece a dar fruto a fim de manter uma temperatura ideal para que nao haja excesso de ressequimento da casca que depois vem a quebrar, mas isto exige um gasto de agua que muitas vezes não compensa o trabalho.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Problemas com Romãs

Joaquim
Caro Senhor António,
Obrigado pela resposta. Estive fora, desculpe só agora responder. Penso que será uma hipótese. Entretanto encontrei outras achegas: Se se  rega de forma irregular e se deixa a planta passar "stress hídrico" em que os frutos começam a ressequir, quando se volta a proporcionar água a planta tende a absorver mais para compensar a carência. Aí a parte de dentro dos frutos incha mais depressa do que o exterior e racham.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Problemas com Romãs

lusipe
Em resposta à esta mensagem postada por Joaquim
Possívelmente as suas romãzeiras sofrem de falta de rega durante o verão, quando os seus frutos estão em crescimento, mas depois de o verão passar o solo já dispõe de mais humidade natural sem necessitar de rega e então os frutos começam a ter um desenvolvimento mais rápido de modo a que a casca do fruto não tem capacidade de crescer ao mesmo ritmo que o mesocarpo (parte comestível). Por isso a casca racha e o fruto deteriora-se devido à exposição do seu interior ao ambiente exterior que como sabemos não é apropriado ao seu desenvolvimento final. No entanto podem coexistir outros factores que somados contribuam ainda mais para esse problema.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: Problemas com Romãs

Carlos Miguel
É possível que seja falta de água durante o verão. Este ano, aconteceu-me precisamente o mesmo, as minhas romãs começaram a rasgar, de repente, após as primeiras chuvas.
Já agora, mais um problema, as minhas romãs, tem no interior do bago, uma semente ou grainha, muito duro, difícil de trincar e pouco agradável de comer.
Alguém sabe o porquê desta grainha dura?